O quão produtivo você pode ser em 24h?

Atualmente as pessoas não costumam ter tempo pra nada. Estudar, trabalhar, cuidar da casa, se especializar, etc. São atividades que muitas vezes trazem a sensação de que um dia é muito curto pra fazer tudo que é necessário. É, literalmente, uma luta contra o relógio.

Uma atividade simples e eficaz é o uso do gerenciamento de tempo. O mesmo, além de garantir uma alta produtividade, assegura a ausência de procrastinação e o uso de horários reais e corretos para a execução de cada tarefa.

Gerenciamento de tempo pode ser definido como o ato de estipular metas para realizar as atividades, com o intuito de conseguir efetuar o que for estipulado de forma eficiente, eficaz e efetiva. Além disso, no gerenciamento de tempo deve haver:

  • A definição das atividades que serão desempenhadas;
  • O sequenciamento dessas atividades;
  • As estimativas de recursos;
  • As estimativas de duração;
  • A formulação do cronograma;
  • E o controle do mesmo.

O PMBOK, que é um guia de boas práticas para a execução de projetos, que apresenta diversas técnicas e ferramentas para o gerenciamento desses projetos. Entre essas técnicas está a de gerenciar o tempo, o qual inclui os processos requeridos para a conclusão do projeto no prazo. Para isso é definida uma sequência de atividades, fazendo um check list, por exemplo, auxiliando não só o gerente de projetos, como também toda a equipe a fazer tudo com eficiência, garantindo qualidade e satisfação.

Um exemplo de ferramenta seriam as agendas online, como é o caso da Google agenda. Esta é bastante intuitiva, e consegue deixar as tarefas a serem desempenhadas organizadas cronologicamente, o que já oferece uma organização e senso de tempo enorme.

Um dos métodos de gerenciamento de tempo utilizado é o Método Getting Things Done, no qual a pessoa prossegue por cinco etapas. São elas:

  • Recolher: etapa na qual deve-se fazer a anotação das atividades a realizar;
  • Processar: que é a hora de definir prioridades;
  • Organizar: que se resume a estipular prazos para execução;
  • Executar: que é realmente fazer o que foi proposto e priorizado;
  • Rever: a fim de acompanhar se as tarefas definidas realmente foram cumpridas.

Para conseguir alcançar esse ideal almejado pode-se fazer utilização de uma outra ferramenta eficaz, que é o 5W2H, a fim de criar realmente planos de ação estruturados, visando o objetivo de gerenciar o tempo da maneira mais eficiente, um exemplo disso seria:

 

%w2h

O que fazer: estudar sobre determinado investimento.

  • Quem: Gerente financeiro.
  • Quando: Das 15 às 18 horas.
  • Onde: No escritório.
  • Por que fazer: Para ter uma melhor noção de quanto investir, e se é viável.
  • Como: Se concentrando no escritório, com apoio de livros e acesso à internet.
  • Quanto: Sem valores monetários momentâneos.

Com isso, pode-se deduzir que o gerenciamento de tempo é algo indispensável na vida de qualquer pessoa, porém, algo que dificulta muito é ter o domínio próprio e a organização de efetuar de forma ordenada o que deve ser feito. E isso se torna um diferencial tanto no mercado, quanto na vida pessoal.

Design sem nome (3)
Camila Barbosa
Consultora da A.C.E. Consultoria


2 Comentários

  • Thank you for the sensible critique. Me & my neighbor were just preparing to do a little research about this. We got a grab a book from our area library but I think I learned more from this post. I am very glad to see such excellent info being shared freely out there.

  • I do like the way you have framed this particular difficulty plus it does indeed present me personally some fodder for consideration. On the other hand, from what I have experienced, I simply hope when other comments pile on that people today keep on point and in no way get started on a soap box regarding the news of the day. Anyway, thank you for this exceptional point and even though I do not really concur with it in totality, I respect the standpoint.

Deixe uma resposta