A má gestão do estoque compromete o funcionamento e até a sobrevivência das distribuidoras. 

Além de resultar em muitos prejuízos por obsolescência, deterioração, perda da validade e outros danos nos materiais estocados, a má gestão pode também comprometer a reputação da marca, caso um desses produtos danificados sejam vendidos.

Pensando em te ajudar a evitar todas essas dores de cabeça, hoje nós vamos te dar dicas práticas para que você tenha a melhor gestão de estoque!

O que é gestão de estoque e qual é a sua importância para o seu negócio

A gestão do estoque, ou o controle do estoque, é o registro, a organização e a previsão dos itens adquiridos para que os processos de uma distribuidora aconteçam. Com a constante atualização do mercado e a crescente demanda online, manter esse controle é o que vai garantir a eficiência da empresa.

O controle do estoque também vai determinar quando começa e quando termina cada fluxo, já que, para fábricas e indústrias, por exemplo, esses insumos costumam ser as matérias-primas para a produção. No caso das distribuidoras, é necessário que esses materiais sejam manuseados para que a revenda aconteça.

Além disso, a gestão do estoque também inclui outros controles como a análise dos fornecedores, observação da sazonalidade, a avaliação da economia de mercado com intuito de verificar se a compra ou a venda são lucrativas no momento, a análise de preços e outras variáveis que tornam ainda mais complexa essa gestão.

Quer saber como otimizar o seu fluxo de trabalho? Além do controle de estoque, há outras dicas que queremos te entregar. É só clicar aqui para conferir.

Benefícios de aplicar na sua empresa

Você já deve ter notado a importância da gestão de estoque para o funcionamento da empresa. É a partir dessa gestão que os fluxos acontecem, já que os insumos são necessários para os processos seguintes.

O bom controle do estoque também vai garantir que os seus clientes terão acesso aos itens que requisitou sem danos ou erros no meio do caminho. Então, se a sua empresa quer entregar um serviço eficiente aos consumidores, deve contar sempre com a logística e a gestão de estoque.

Ou seja, o controle é importante para manter a reputação da marca, evitando atrasos, extravios ou outros erros, o que leva à satisfação dos clientes e feedbacks positivos. Há também:

Redução de custos com produtos estragados, compras desnecessárias, insumos parados e etc.

Aumento de produtividade, pois o controle garante mais eficiência.

Para entender como seguir aumentando a produtividade na sua empresa de distribuição, leia mais sobre o tema.

Planejamento de compras mais preciso, já que a gestão de estoque responde a perguntas como: “quando reabastecer?”, “quando mover materiais?”, “quando produzir?” e mais.

Melhor relacionamento com o cliente, já que ele estará satisfeito com os seus serviços

Com o bom controle da gestão de estoque, você terá muitas tomadas de decisão facilitadas por reter informações mais claras. O que te ajudará também a evitar esses 5 principais erros que não devem ser cometidos na logística de distribuição. Confira o nosso artigo para entender!

5 dicas para implementar a gestão de estoque

Vamos para a prática? Confira as nossas 5 dicas para começar agora a obter os benefícios do controle de estoque.

Faça uma gestão personalizada dos dados de distribuição

Gerir o estoque significa também gerir dados, já que o controle passa pelas informações obtidas. O primeiro passo é fazer inventários e entender quais são os números que regem o seu estoque para que esses dados fiquem para consulta.

Construa um planejamento do estoque conforme a análise dos níveis de demanda 

As informações que você garantiu vão te ajudar a identificar os níveis de demanda, ou seja, a quantidade de itens que você precisa ter para satisfazer a demanda. Planeje o seu estoque de acordo com esse número para evitar produtos parados, produtos em falta ou produtos vencidos.

Tenha um plano de contingência 

Você precisa saber lidar com a sazonalidade, ou seja, com as mudanças que as datas comemorativas, as diferentes estações e outros períodos específicos causam na sua demanda. Por isso, tenha um plano de contingência para permanecer abastecido nas datas em que os seus clientes vão comprar mais, como o Natal, por exemplo. A solução pode ser um estoque reserva.

Integre os setores comerciais e de estoque

Para que o controle do estoque seja efetivo, é preciso que o setor comercial esteja bem integrado com essa gestão. Isso porque só com essa integração é possível saber as informações necessárias para evitar erros como comprar itens demais ou vender itens errados. 

Invista em tecnologia

Para que o planejamento esteja bem atualizado com os dados necessários que vão guiar a sua empresa, é essencial contar com a tecnologia. O controle do seu estoque não pode estar suscetível a falhas humanas, então, para evitar erros, utilize softwares de gestão. Assim, os dados serão assertivos e as informações entrarão e sairão com eficiência.

A gestão do estoque otimiza muito o tempo e o gasto de dinheiro da empresa! Para garantir que essa boa prática seja feita da forma mais eficiente possível, você deve contar com uma equipe especializada. A A.C.E. consultoria conta com profissionais capacitados que irão realizar o melhor planejamento estratégico para a sua distribuidora. Fale conosco!

Fale com um consultor

Leia também