Logística não é apenas transporte, mas um fluxo completo que envolve uma grande cadeia de processos. Por isso, queremos conversar sobre os principais desafios e modos de aprimoramento que compõem a Logística com foco no varejo.

Você sabe o que é a logística e a sua importância para o varejo?

Apesar de muitas pessoas associarem a logística apenas ao transporte, seu processo é mais completo: desde a chegada dos itens até o momento em que são vendidos ou utilizados. Aquisição de materiais e gestão de estoque, por exemplo, fazem parte da logística.

De um modo geral, logística trata-se do gerenciamento estratégico para adquirir, movimentar, armazenar e viabilizar o acesso a produtos e serviços pelo consumidor e empresas. É parte essencial da cadeia de suprimentos para negócios e, por isso, parte muito importante de qualquer empresa. 

A logística garante um armazenamento mais eficiente dos bens e serviços, bem como a sua integridade e qualidade. Faz parte do apoio a essa área o planejamento e controle da produção, pois ela garante que cada produto ou serviço esteja no lugar certo, no momento em que é necessário, e sem gastar nada além do que é preciso. 

Na realidade, a logística otimizada reduz custos! Confira o nosso artigo sobre o tema.

A logística no varejo: quais são os passos importantes?

Auxilia a manter a segurança dos produtos

A segurança e cuidado na manutenção dos produtos afeta diretamente a experiência do cliente. A logística te ajudará a ter mais controle sobre a movimentação dos itens de estoque, desde o transporte até a armazenagem. Invista em embalagens adequadas, bem como em uma estrutura de depósito com a qualidade necessária para garantir que intempéries da natureza não afetem a qualidade do que está armazenado.

Se quiser saber mais sobre como encantar e fidelizar clientes no varejo, garantindo uma ótima experiência ao usuário, confira o nosso artigo.

Utilize a logística na gestão de estoque

A gestão de estoque faz parte do controle do fluxo de produtos. Previsão de demandas, integração entre os departamentos (desde o setor de compras até o financeiro), balanços dos itens, acompanhamento de métricas… Em suma, faça um mapeamento completo dos fluxos do seu estoque.

Se quiser saber mais sobre como fazer mapeamentos de processos, confira o nosso artigo.

Faça rotinas operacionais de armazenagem

A armazenagem vai desde o recebimento até a conferência da qualidade, catalogação, separação e expedição. Quando você monitora cada um desses processos, está garantindo a padronização dos seus serviços e, assim, a otimização dos resultados. 

A logística também te ajudará no transporte de cargas

Essa é a primeira e também última etapa: do transporte após obtenção do produto até a sua empresa ou do transporte do produto até o cliente, o importante é manter o bom planejamento.  Rotas otimizadas, para que o percurso seja mais ágil, rápido, mas sem intempéries que possam prejudicar o seu produto.

Pense também no setor de trocas ou devoluções: um excelente atendimento com garantia de troca rápida ou devolução irá ajudar a imagem da sua empresa.

Como otimizar a logística no varejo?

Recomendamos que leia o nosso artigo com dicas para otimizar os processos na sua empresa.

Faça um monitoramento eficiente

Monitore os processos e os indicadores de desempenho: é crucial evitar produtos vencidos, transportes errados, excedente ou falta de insumos, etc., essas medidas evitam futuros prejuízos. Com um estudo aprofundado sobre a rotatividade dos produtos, você será capaz de definir uma quantidade mais exata e por quanto tempo é necessário.

Os indicadores de desempenho são ferramentas ótimas para esse momento, permitindo registros e resultados mais acurados.

Essa é a primeira e também última etapa: do transporte após obtenção do produto até a sua empresa ou do transporte do produto até o cliente, o importante é manter o bom planejamento.  Rotas otimizadas, para que o percurso seja mais ágil, rápido, mas sem intempéries que possam prejudicar o seu produto.

Pense também no setor de trocas ou devoluções: um excelente atendimento com garantia de troca rápida ou devolução irá ajudar a imagem da sua empresa.

Alguns exemplos de indicadores:

  • Custo por item produzido;
  • Aspectos selecionado quanto a qualidade do produto;
  • Custo por item transportado;
  • Tempo de transporte/entrega; 
  • Quantidade de entregas;
  • Taxa de extravio;
  • Satisfação do cliente; 

Para ter uma melhor abordagem deste último indicador, confira o nosso artigo sobre como mensurar a satisfação do seu cliente.

Invista em tecnologia 

Principalmente após a crise da COVID-19, o investimento em tecnologia tornou-se indispensável e determinante para o crescimento da sua empresa. Com o uso da tecnologia, você pode automatizar processos, organizar e desburocratizar etapas, reduzindo também a ocorrência de erros humanos. 

Dicas de softwares que são boas ferramentas para que você use a tecnologia ao seu favor:

WMS – Sistema de Gerenciamento de Armazém

TMS – Sistema de Gerenciamento de Transporte

ERP – Planejamento de Recurso Corporativo

Para aprimorar a logística da sua empresa, é muito importante contar com consultoria especializada. A A.C.E. te ajudará na gestão estratégica do seu negócio e na otimização dos seus resultados: comece 2021 com o pé direito. Fale com os nossos especialistas!

Fale com um consultor

Leia também