A boa gestão financeira é uma ferramenta que acaba por definir muito sobre a sua empresa. Você pode estar lucrando, mas, se tiver uma má gestão da área financeira, acabará no vermelho. Ter um bom controle dos gastos aliado a uma análise financeira profissional pode ser a diferença entre o sucesso e o fracasso do seu negócio.

Confira neste artigo como estruturar corretamente a gestão financeira do seu empreendimento.

O que é estruturação financeira?

A estruturação financeira é o uso de ferramentas de gerenciamento para analisar, controlar e melhorar a saúde financeira da sua empresa. Os resultados são compostos por vários dados, como o fluxo de caixa, o DRE (Demonstração de Resultados do Exercício), controle de estoque, precificação e balanço patrimonial da empresa. 

Como fazer a estruturação financeira da minha empresa?

Agora que você já sabe o que é a estruturação financeira, confira algumas dicas para implementá-la no seu negócio:

  • Mapeie processos

Você precisa começar analisando os processos que compõem as etapas do seu empreendimento, assim, você saberá quais devem ser mantidos, corrigidos ou substituídos. Analisando cada etapa do seu negócio, também é possível encontrar os pontos críticos e as suas capacidades de influência.

Por exemplo, na área das finanças, os pontos críticos podem ser: fechamento de caixa, sistema de cobranças, pagamentos obrigatórios, etc. São tópicos que afetam outros departamentos e podem prejudicar a sua produtividade. As apurações, após aplicadas em uma planilha, irão fornecer uma visão macro da performance da sua empresa e te ajudarão a tomar decisões mais assertivas. 

  • Planeje a escalabilidade do seu negócio

Após analisar os seus dados, escolha o modelo de funcionamento contábil e financeiro ideal para sua empresa, padronizando melhor esse departamento para que seja repetível e eficiente. Estude a melhor forma de realizar cada processo, observando, testando e reunindo a equipe para receber informações e feedbacks.

É necessário manter uma constante observação e melhoria para consolidar o bom funcionamento – esteja atento a novidades tecnológicas que poderão te ajudar: o pagamento automático, automação de emissões de cobranças ou outras ferramentas como, por exemplo, o PIX. 

Você já deve ter percebido que escalabilidade precisa de automação. Por isso, aproveite para definir um bom sistema de ERP para escalar a estrutura financeira e contábil uniformemente. Se quiser saber mais sobre os modelos de negócio que aproveitam o melhor que a tecnologia pode oferecer, confira o nosso artigo.

  • Integre a estrutura financeira e contábil

Enquanto os resultados contábeis são mais demorados, o financeiro tem sempre movimentações de recursos. Por isso, é necessário que estejam em harmonia. É importante estabelecer um centro de custos, alinhando todas as informações e segmentando-as para que os gastos diversos não se misturem nem deixem de ser registrados.

  • Crie um planejamento financeiro de fácil entendimento

O planejamento precisa ser facilmente repassado, permitindo a inserção de todos os departamentos. Reúna a equipe e monte um plano de ação, definindo as tarefas de cada um, os objetivos e as atividades futuras para que a estruturação financeira aconteça. Após toda a equipe estar inteirada do novo planejamento, você poderá criar um modelo de explicação da estruturação financeira em conjunto, dessa forma será mais fácil passar para novos funcionários quando necessário. 

Finalmente, se você quer saber o passo a passo para reestruturar financeiramente a sua empresa, confira o nosso artigo.

Os benefícios da estruturação financeira

  • Garantia de um fluxo de caixa saudável

Contas precisam ser pagas no prazo, produtos comprados antes que a produtividade seja prejudicada, investimentos precisam ser aplicados… É muito importante ter um bom fluxo de caixa. Com a estruturação financeira, você otimiza a saída e entrada de dinheiro do seu negócio, reduzindo custos indesejados. 

  • Otimização da rotina e dos processos da sua empresa continuamente

Quando ocorre a otimização da área financeira, todos os outros departamentos são melhorados. Até mesmo criar novos projetos torna-se mais fácil quando todos os dados financeiros já estão muito bem registrados, otimizando a gestão de tempo. Outro ótimo benefício são os resultados dos indicadores de desempenho, que possibilitam melhoramento contínuo dos seus departamentos. 

  • Redução de fraudes 

Quando se tem mais controle sobre a área financeira é mais fácil reduzir custos indevidos, multas, fraudes, perdas por pouca atenção ao mercado, etc. 

Caso queira se aprofundar mais sobre o tema, confira o nosso artigo sobre gestão financeira.

Conte conosco para preparar a sua empresa financeiramente, otimizando os resultados: se quiser aprimorar as suas estratégias, você também pode conferir o nosso e-book e solicitar uma consultoria.

Fale com um consultor

Leia também