Se você não tem conhecimento suficiente sobre a gestão e fluxo do seu caixa, ou ainda não conseguiu estruturar, controlar ou melhorar o setor financeiro da sua empresa, provavelmente precisará de um bom planejamento financeiro, ferramenta essencial para o crescimento do seu negócio. 

O que é um planejamento financeiro?

Fundamental para formular estratégias, reduzir custos, acabar com os gastos indevidos, concretizar projetos e muitos outros benefícios, o planejamento financeiro é a gestão de fluxo que você precisa para dar fôlego ao caixa e atingir as suas metas de negócio. 

Parte do plano de negócios que fala sobre os investimentos, lucros e déficits, o planejamento financeiro é uma base para todas as futuras implementações de mudanças ou desenvolvimento de qualquer departamento da sua empresa. Sabemos que sem dinheiro é impossível comprar novas máquinas, implementar melhorias ou até mesmo pagar os funcionários. Ter um controle correto desse departamento é essencial. 

Como começamos um planejamento estratégico?

Confira o passo a passo:

  • Analise o cenário financeiro da sua empresa

A primeira etapa sempre é pesquisar, aprender, entender. Não podemos tomar nenhuma atitude sem antes saber exatamente o que está se passando na sua empresa e no mercado. Faça um verdadeiro diagnóstico sobre o cenário. 

Se está aqui, querendo começar um novo negócio ou implementar melhorias na sua empresa, você pode começar lendo o nosso artigo sobre estudos de viabilidade econômica para novos projetos.

Se a sua empresa existe e está com problemas financeiros, é importante entender como lidar com a crise para proteger o setor financeiro do seu negócio e como reestruturar financeiramente o seu negócio. 

Nessa etapa, é ideal fazer um levantamento de todos os dados financeiros – saldos, despesas, investimentos, previsões… Analise tudo com a máxima profundidade e assertividade possível para que possa identificar problemas e necessidade de melhorias. 

  • Registre a analise

A dica é que você classifique as informações mês a mês e, se a sua empresa está com dívidas, diferencie os credores e as dívidas para que fiquem claras. Uma planilha ou um software para formular registros com mais exatidão ajudam bastante.

Planeje todo o gasto futuro: 

  • Gastos diários, semanais, mensais e anuais
  • Gastos correntes: salários, aluguéis, contas de energia, água, etc.
  • Gastos extraordinários: manutenções, reparos, etc.
  • Gastos novos: planos de melhorias ou criações de serviços/produtos, abertura de filial, compra de novo espaço para atuar, etc.
  • Projete diferentes cenários

Projete ciclos operacionais para o planejamento financeiro da sua empresa dentro de cada cenário possível. É importante que o setor contábil esteja preparado para diferentes situações.

  • Trace os seus objetivos

Agora que já conseguiu identificar onde estão os problemas contábeis da sua empresa, é hora de traçar novos objetivos. Estabeleça metas viáveis, que realmente melhoram gradualmente o seu negócio e estejam dentro da capacidade atual ou futura da empresa. É interessante estabelecer objetivos de curto, médio e longo prazo.

  • Crie um plano de ação

Defina as estratégias que terá para alcançar os objetivos. Boas atitudes são:

– Negocie com fornecedores

Não é bom se estagnar e deixar que a comodidade te dê custos indevidos. Aproveite para negociar com os fornecedores e conseguir melhores prazos de pagamento, conforme o planejamento financeiro da sua empresa.

– Mapeie ações, crie um cronograma e divida tarefas

Reúna a equipe para todas as ações que tomar a partir de então. Registre tudo: futuros investimentos necessários, a data final para que cada nova ação esteja concluída, quem é o responsável por cada tarefa, etc.

– Apoie-se na tecnologia

O ideal é ter um sistema de gestão que atenda às necessidades do seu negócio, agilizando relatórios, inserção e análises de dados e trazendo assertividade. Use e abuse das métricas, como a mensuração de satisfação do cliente,lembre-se de mensurar todos os resultados. 

  • Use ferramentas

– DRE

A Demonstração do Resultado do Exercício é um relatório contábil que descreve as operações financeiras da empresa em um período determinado. É um resultado líquido do negócio, terminando em lucro ou prejuízo do tempo de análise. Permite saber informações como sobre a necessidade de corte de custos ou novos investimentos.

– Sistemas de cobranças

Não é preciso deixar que os seus colaboradores demandem tempo realizando cobranças. Para aproveitar melhor a performance dos seus funcionários, deixe essa tarefa para sistemas automatizados – é mais assertivo e favorece os resultados do seu negócio.

– Nuvens para programas financeiros

Faça o armazenamento de informações financeiras em uma nuvem. Dessa forma, você garantirá maior segurança das informações, não perderá facilmente nenhum dado e terá a possibilidade de acesso rápido e a qualquer momento.

Lembre-se: analise toda nova implementação e resultado. As métricas te dirão tudo sobre o seu negócio.

A estruturação financeira é uma parte muito importante da sua empresa. Contar com especialistas trará maior garantia de que tudo sairá bem para que os lucros sejam maiores e os resultados melhores.

A A.C.E. Consultoria conta com mais de 3.000 projetos de sucesso realizados. Temos especialistas que cuidarão para que a sua empresa tenha a melhor estruturação financeira! Fale com os nossos consultores.

Fale com um consultor

Leia também