A palavra produtividade é constante no dia a dia dos empreendedores, principalmente em empresas de distribuição, que precisam cumprir várias metas diárias. 

Diante de tantas ideias de como otimizar essa produtividade, os gestores podem ficar perdidos sobre qual caminho seguir. Pensando nisso, preparamos um guia para que você otimize a produtividade na sua rede de distribuição. Confira!

Entenda o que é otimização de produtividade nas empresas de distribuição

A ideia de otimizar é sempre fornecer as condições necessárias para que a performance seja melhor. No caso de empresas de distribuição, os objetivos são melhorar as entregas, as estratégias, o marketing e outros departamentos. 

É claro, melhorar a produtividade traz diversos benefícios: os clientes saem mais satisfeitos, encantados e fidelizados, resultando em mais lucro para o negócio, menos problemas e atrasos nas entregas, menos falhas durante o trabalho e várias vantagens adquiridas a médio e longo prazo.

Essa otimização pode se tornar uma pressão para os gestores, por não saberem por onde começar, por não saberem qual estratégia aderir e por causa das muitas dúvidas no caminho. 

Mas aumentar a eficiência é sempre possível e nós te ajudamos! Vem com a gente conhecer as melhores práticas para otimizar a sua produtividade.

Dicas para implementar a otimização de produtividade 

As estratégias que vamos te apresentar, além de aumentar a eficiência produtiva, revisa os processos para evitar gastos desnecessários, melhorar o ambiente de trabalho e otimizar até mesmo a incorporação tecnológica da distribuidora.

Confira:

  1. Projete as previsões de demanda

A previsão de demanda é uma estratégia muito importante para o mercado. Todas as empresas que mantêm uma rotatividade grande de mercadorias, sofrem por causa da sazonalidade corporativa e querem equilibrar a própria capacidade de lidar com as demandas, precisam fazer essa previsão. 

Essa previsão é uma estratégia para evitar problemas como a sobrecarga de trabalho, ociosidade e a subutilização dos equipamentos.

Na prática, você deve:

  • Analisar a história da sua distribuidora quanto às demandas ao longo do ano;
  • Registrar as informações encontradas para que sejam usadas como dados para a previsão;
  • Levar em conta uma avaliação econômica do mercado;
  • Analisar como age a concorrência;
  • Registrar as mudanças causadas pela sazonalidade e qualquer outra variável que influencie na previsão de demanda.

Agora é só reunir as informações da sua análise preditiva, organizá-las e interpretá-las.

  1. Otimize a prestação do seu serviço

A satisfação do seu público é sempre o objetivo principal. Por isso, a otimização da qualidade do atendimento e da prestação do seu serviço no geral precisa ocorrer sempre

Indicamos que você:

  • Entenda a percepção do seu cliente pedindo avaliações do seu serviço com frequência;
  • Invista em monitoramento do produto, como status da entrega;
  • Invista em manter um relacionamento com o cliente;
  • Forneça canais diferenciados para o suporte e o atendimento ao consumidor;
  • Personalize o atendimento;

Temos alguns posts que vão te ajudar a otimizar o seu relacionamento com os clientes. Confira:

  1.  Monitore o desempenho

A monitoração do desempenho vai te ajudar a entender como está a situação do seu negócio atualmente e como identificar o que pode melhorar. Por isso, invista em KPIs (indicadores-chave de performance) para identificar gargalos, melhorar processos e medir a capacidade da equipe.

Ao entender os números e criar estratégias para melhorá-los, você irá elevar a produtividade da empresa. Saiba aqui quais indicadores de sucesso você deve seguir.

  1. Invista em tecnologia

A automação é a grande aliada das empresas! Na realidade, sem o uso de inovações e tecnologias, é possível que a sua distribuidora fique para trás no mercado.

Utilize tecnologias para:

  • Automação de atividades repetitivas;
  • Registro e monitoração de estoque;
  • Integrar processos;
  • Gerenciamento;
  • Cálculo de fretes;
  • Monitoramento de campanhas de Marketing e da própria distribuição;
  • Chatbot para atendimento ao cliente;

Atualmente, os carros automáticos possuem diversas tecnologias que ajudam a distribuição. Confira também as Startups que a SEBRAE indica para calcular e comparar fretes: a Melhor Envio, os Correios, e a Cargo BR, que é gratuita.

  1. Treine e qualifique a sua equipe

A capacitação da equipe deve ser constante. Por isso, qualifique o time para as novas tecnologias que entram, os processos que mudam os novos objetivos e estratégias da empresa.

  1. Invista em softwares de gestão

As distribuidoras só ganham vantagens com os sistemas de gestão, inclusive na melhora da produtividade. Essa integração permite que tudo seja gerenciado com maior estratégia e planejamento. Existem vários softwares, como o sistema ERP (Sistema de Gestão Empresarial), que são muito úteis para as distribuidoras. 

É claro, o primeiro passo é sempre entender qual é o planejamento e quais são as metas do seu negócio. A equipe deve estar ciente do que deve ser melhorado e dos novos comportamentos adotados pela empresa, ou a produtividade não cresce.

Seguir corretamente essas dicas com certeza vai te levar ao sucesso. Mas você deve contar sempre com uma equipe especializada para investir no melhor planejamento estratégico e produtivo, e é por isso que nós te acompanhamos nessa jornada. Fale com a A.C.E. Consultoria e faça a diferença para a sua empresa!

Fale com um consultor

Leia também