O mundo pós-pandemia e pós-crise vem sendo chamado de “o novo normal”. É claro, já havia a necessidade da constante presença digital, mas ela não era uma regra. Agora, em meio ao período de restrições e quarentena, as empresas precisam existir virtualmente e também precisam implementar o trabalho remoto, o delivery, o atendimento virtual e outras medidas.

Alguns dados demonstram essa realidade: nos Estados Unidos, em janeiro de 2020, a Associação Nacional de Marketing Americano havia previsto que 12% do mercado seria de varejo digital. Meses depois, a porcentagem já podia chegar a 32%. Modelos de negócios digitais são de fato o futuro do mercado.

A necessidade de estar sempre conectado e atualizado, pronto para alterar seus processos e estratégias conforme o mercado se movimenta,  é razoavelmente nova, e nem sempre sabemos como nos posicionar diante disso. Possuímos um artigo para te ajudar a entender mais sobre relacionamento com o cliente na era digital, clique aqui e confira.

O posicionamento de marca

O posicionamento de marca define como você será lembrado pelos seus clientes. Ou seja, a estratégia é focada na percepção que o público terá sobre a sua marca. Em um mundo bombardeado de informações e cheio de competitividade, o público consome por publicidade a todo momento, e a fidelização do seu consumidor dependerá de um bom posicionamento.

Como posicionar a sua marca com sucesso?

Para começar, há algumas informações muito necessárias para alavancar o relacionamento da sua marca com os clientes:

  • Defina com detalhes quem é o seu público-alvo

Você já ouviu falar em buyer personas? É essencial para saber a quem direcionar seu conteúdo ou anúncio e até mesmo a forma com a qual você irá conversar com o seu público. Saiba mais em nosso artigo.

  • Quais dores o seu produto resolve? Por qual motivo ele é necessário? Quais prazeres ele proporciona?
  • Quais são os atributos e diferenciais da sua marca?
  • Como você quer que a sua marca seja lembrada?

Tendo em mente essas respostas, você estará mais ciente da personalidade da sua empresa e poderá selecionar melhor a estratégia que servirá para o seu negócio.

Leia também: Inteligência de Mercado: Como entender os impactos do cenário da empresa diante de crises

O posicionamento de marca no pós-crise

Agora que já entendemos o impacto da crise na percepção dos consumidores sobre marcas, vamos conferir alguns casos de empresas que precisaram se (re)posicionar:

  • O caso da Mondelez

A Mondelez é a dona da marca Halls, Milka, Oreo e outras. Durante a pandemia, a multinacional desenvolveu um e-commerce e firmou parcerias com aplicativos de entrega. Também detentora da marca Lacta, a Mondelez sabia que precisava atender às demandas da Páscoa e, para isso, facilitar o acesso aos seus produtos. Houve uma alta de quase 700% das vendas online da marca no período de Páscoa, quando comparado a 2019.

  • O caso da Riachuelo

A Riachuelo já sabia há tempos que precisava investir mais em seu e-commerce. Durante  a crise, melhorou a navegabilidade da página e reforçou o seu time de atendimento, buscando  sempre aumentar a agilidade do atendimento e melhorar a experiência dos seus clientes.

Como avaliar o comportamento do consumidor

Como vender para um consumidor que agora está mais cuidadoso? Antes mesmo da pandemia, o público pensava cada vez mais em cuidados com a higiene e saúde, assim como também com o consumo de produtos que se preocupam com o ambiente e que transmitem mensagens com as quais as eles se identificam. Agora, esses pontos ganharam mais importância na relação com marcas, e para entender em detalhes o comportamento do seu consumidor dentro de sua realidade, é importante uma pesquisa de mercado. Ela fornecerá dados estratégicos para novos posicionamentos. 

Primeiro, é necessário pensar na proteção dos seus funcionários e consumidores. Depois, você precisará constantemente analisar o comportamento do seu público diante do cenário mundial e das novas medidas da sua empresa. 

Na medida em que o novo normal acontece, é necessário manter o estudo do comportamento dos clientes. Como sempre, precisamos nos relacionar com os nossos consumidores. No caso da Mondelez Brasil, a marca montou um time para entender as mudanças e as atitudes das marcas e das pessoas. É uma boa dica para começar: mantenha a sua equipe informada e atualizada, pronta para novas propostas. Para te ajudar a estar sempre ciente do que pensa os seus consumidores, confira o nosso artigo sobre como mensurar a satisfação dos clientes.

Marcas com propósito

Já sabemos que:

  • Precisamos definir o cenário da nossa empresa e analisar o cenário do mercado 
  • Precisamos atualizar virtualmente a nossa publicidade, forma de venda e forma de atendimento: delivery, e-commerce e planejamento de marketing para as redes sociais são palavras-chave
  • Precisamos nos manter cientes dos comportamentos dos nossos consumidores

Além dessas etapas, também precisamos valorizar um propósito para a nossa marca. O momento atual requer empatia, humanização do atendimento e relacionamento person to person com os clientes. No caso da Mondelez Brasil, apostaram em complementos para os slogans das marcas Lacta e Oreo: “Lacta. Cada pedacinho aproxima. Mesmo estando cada um na sua toca” e “Oreo, continue brincante em casa”. Doaram também 500 mil ovos de Páscoa para famílias em situação de vulnerabilidade social. As marcas precisam refletir colaboração, solidariedade e humanidade. 

Nós sabemos que os tempos de crise são confusos: como nos posicionarmos nessas novas ondas de mercado? A A.C.E. presta consultoria e apoio às empresas. Pode contar conosco, vamos crescer juntos!

Fale com um consultor

Leia também